Bolo de Ananás Recheado e Coberto com Natas, Ananás, Cerejas em Calda e Amêndoas Torradas







Hoje, dia 15 de Dezembro, é o aniversário da minha Madrinha.
A minha Madrinha chama-se Isabel e é a única irmã da minha Mãe.
É com a minha Madrinha e com os meus primos, Tiago, Daniel e Alexandre, e com o meu tio António, que costumamos passar as festas mais importantes da Família, como o Natal, a Páscoa, o Dia do Bolinho [Todos os Santos].
Juntamente com os meus Avós Mariana e Joaquim, são a nossa família mais chegada e aqueles que temos sempre no coração.
Este ano o dia de Natal será passado em casa da minha Madrinha, e para preparar tudo com antecedência as raparigas cá de casa [eu, a minha filha e a minha Mãe], fomos o fim-de-semana passado decorar a casa dela e ajudar nos preparativos. Feito por todas não custa nada, e é sempre uma desculpa para nos juntarmos!
Aproveitámos ainda para fazer a comemoração antecipada do seu aniversário, e este bolo foi o que fiz para o evento.

Hoje sim já podemos dizer:
MUITOS PARABÉNS!

O bolo foi feito com uma batedeira tradicional, pois o meu carro foi tão cheio que não tinha espaço para levar a Bimby!
E olhem que não é um carro pequeno!!!!!

Ingredientes:
| 6 Ovos
| 180 gr. de Açúcar
| 100 gr. de Óleo de Girassol
| 80 gr. de Sumo de Ananás [usei o sumo que vem na lata do ananás]
| 4 Rodelas de Ananás
| 300 gr. de Farinha de Trigo
| 2 colheres [de sobremesa] de Fermento em Pó

Recheio e Cobertura:
| 400 ml. de Natas Frescas [ 2 pacotes]
| 4 colheres [de sopa] de Açúcar
| Ananás
| Cerejas em Calda
| Amêndoa lâminada

Preparação:
Separam-se as gemas das claras.
Num recipiente colocam-se as gemas, adiciona-se o açúcar e bate-se bem até se obter uma mistura cremosa e com bolhas.
Adiciona-se o óleo, o sumo de ananás e as rodelas de ananás cortadas em pedaços muito pequenos.
Envolve-se bem tudo.
Junta-se então a farinha peneirada com o fermento, misturando bem.
Por fim batem-se as claras em castelo, adicionando uma pitada de sal para que fiquem bem firmes.
Envolvem-se no preparado anterior mas tendo o cuidado de não bater, apenas envolver.
Unta-se um tabuleiro com margarina e polvilha-se com farinha e transfere-se a massa.
Leva-se a cozer em forno pré-aquecido a 180º.
Fazendo o teste do palito retira-se assim que este sair seco.
Desenforma-se e deixa-se arrefecer completamente.
Optei por fazer o bolo à noite e apenas o recheei no dia seguinte.

Batem-se as natas até ficarem bem firmes, eu costumo adicionar umas gotas de sumo de limão para ajudar a montar mais depressa.
Adiciona-se o açúcar a gosto, coloquei duas colheres de sopa de açúcar para cada pacote de natas, convém sempre provar para ficar adoçadas a gosto
Corta-se o bolo no sentido longitudinal.
Recheia-se com um pouco das natas batidas e junta-se uns pedaços de ananás e de cerejas em calda.



Coloca-se a outra parte do bolo por cima e cobre-se o bolo inteiro com as restantes natas.
Decora-se com o ananás e as cerejas em calda.
Juntei ainda amêndoas lâminadas que levei numa frigideira ao lume até dourarem.







O bolo foi mantido no frigorífico até à hora de servir.
Ficou bem fresco e muito apetitoso.





Apesar de não se ter cantado os parabéns, pois não se deve fazer com antecedência, o facto de estarmos todos juntos foi o mais importante.
Espero que possamos repetir estas comemorações por muitos e longos anos!

Um beijo muito especial à minha Madrinha!
[sei que ela não vem ao meu blog mas tenho a certeza que os meus primos lhe vão mostrar o post!]



Etiquetas: ,