Bolo de Anis com Crosta Dourada de Mel [e o truque para bater ovos inteiros na Bimby]





Adoro especiarias.
Em pratos doces ou salgados, em bebidas ou simplesmente o seu aroma, das especiarias mais vulgares às mais difíceis de encontrar, todas me seduzem.
Uma simples receita de um bolo ganha nova vida com a adição de uma especiaria doce.
Canela, cardamomo, gengibre, anis... a nosso gosto, basta escolher!
O bolo de hoje, como costume, é bem simples.
Daqueles que gostamos cá em casa e que sabem bem logo de manhã ao pequeno-almoço, ou como sobremesa do almoço, ou uma fatia ao lanche, ou o complemento de um jantar mais simples, ou ainda para aconchegar o estômago antes de ir para a cama :)

Aproveito o post para deixar uma dica para a Bimby.
Várias pessoas me questionam acerca de eu bater os ovos inteiros para os bolos, em vez de separar gemas e claras.
Faço-o porque acho mais prático, e batendo a massa desta maneira os meus bolos ficam bem fôfos.
O modo é muito simples:
• Coloca-se a borboleta encaixada nas lâminas do copo da Bimby;
• Adiciona-se os ovos e o açúcar [ou pode bater-se apenas os ovos, por exemplo se quiserem adoçar com mel ou com leite condensado, batem primeiro os ovos e só depois adicionam o mel ou leite condensado];
• Programa-se um minuto por cada ovo, isto é, um bolo com 4 ovos programa-se 4 minutos;
• O processo de bater a massa tem duas partes, na primeira programa-se o tempo correspondende ao número de ovos a bater, por exemplo 4 minutos + velocidade 4 + temperatura 37º:
• Depois o mesmo tempo [4 minutos para 4 ovos], velocidade 4 desta vez sem temperatura. A luz relativa á temperatura na Bimby poderá manter-se acessa mas isto é porque o copo ainda está quente, se não clicarem na temperatura na segunda vez que programam a máquina esta não será accionada.

O resultado que vão o obter é este:



Uma mistura homogénea, muito cremosa e com bolhinhas a rebentar.
Está assim completo o processo de ovos inteiros bem batidos e que vão conferir ao bolo uma textura bem fofinha.

Outra dica que deixo é a de untar a forma de silicone com mel e açúcar.
Um pouco apenas basta para que o bolo depois de desenformado fique com uma crosta bem dourada e deliciosa.

Ingredientes:
| 4 Ovos
| 100 gr. de Açúcar
| 60 gr. de Margarina [ou óleo de girassol]
| 1 Iogurte Natural Açucarado [ou iogurte grego]
| 1 colher [de sopa] de Anis em grão [pode substituir-se por anis em pó, eu prefiro as sementes a notarem-se]
| 200 gr. de Farinha de Trigo especial para Bolos, com Fermento

Para untar a forma [opcional]:
| Mel
| Óleo em spray
| Açúcar

Preparação:
Coloca-se a borboleta nas lâminas do copo da Bimby.
Adicionam-se os ovos e o açúcar.
Programa-se 4 min., vel. 4, temp. 37º.
Depois mais 4 min., vel. 4 [sem temperatura].
Junta-se a margarina, o iogurte e o anis.



Programa-se 15 seg., vel. 3.
Por fim a farinha, usei farinha com fermento, caso contrário adicionar também fermento.
Programa-se mais 15 seg., vel. 3.

Unta-se uma forma de silicone com buraco com óleo em spray, polvilha-se com açúcar e rega-se com um pouco de mel.
Poderá utilizar-se apenas mel para barrar a forma, mas aviso desde já que são os cristais de açúcar que dão o toque crocante.
Transfere-se a massa para a forma e leva-se a forno pré-aquecido a 180º até cozinhar.





Fazendo o teste do palito deve retirar-se assim que este sair seco para não secar o bolo.
Desenforma-se apenas depois de frio, ter sempre isto em atenção quando de coze em formas de silicone.





O bolo fica muito fôfo e principalmente muito aromático.
É delicioso simples ou enriquecido com doce caseiro.

Etiquetas: ,