Passatempo «Cozinha Tradicional Portugal» e «A Minha Primeira Cozinha Tradicional Portuguesa»





É com muito gosto que recebo aqui no meu blog mais um passatempo!

A editora BABEL acaba de reeditar o célebre livro «Cozinha Tradicional Portugal» e de editar «A Minha Primeira Cozinha Tradicional Portuguesa».
Ambos livros de um enorme interesse gastronómico.

Para comemorar o lançamento destes livros, e em parceria com a editora BABEL, vou lançar aqui no blog um passatempo :)




Numa época em que a tradição está cada vez mais na ordem do dia, e chegados que estamos ao Natal, época de tradições e de família, peço que me digam, através de um comentário aqui no blog ou na página de facebook do blog [clicar para aceder]qual a receita tradicional Portuguesa que mantêm na memória desde crianças e porquê.


Podem participar nos dois locais, e com quantos comentários desejarem.

Não precisam deixar grandes testamentos, apenas o essencial para que se perceba como uma receita consegue fazer-nos voltar a ser crianças, a sentir de o cheiro do Arroz-Doce da Avó acabado de fazer ou a deixar na boca o sabor que aquele pudim que a Tia Maria fazia sempre que a visitávamos :)

O passatempo começa hoje, quarta-feira, e prolonga-se até quarta-feira da semana que vem, dia 5 de Dezembro.
Na Quinta-Feira, 6 de Dezembro a BABEL escolherá os comentários vencedores e divulgarei aqui no blog e também no facebook do blog.

Os vencedores poderão inclusive aproveitar para ter o seu exemplar autografado na sessão de lançamento dos livros que decorrerá no dia 7 de Dezembro, pelas 18H30, no Restaurante do El Corte Inglés, em Lisboa.


Teremos 4 prémios:
UM EXEMPLAR do livro «Cozinha Tradicional Portugal», de Maria de Lourdes Modesto
e TRÊS EXEMPLARES do livro «A Minha Primeira Cozinha Tradicional Portuguesa», de Gisela Miravent, com apontamentos de Maria de Lourdes Modesto e ilustrações de Bernardo Carvalho.

A escolha dos vencedores ficará a cargo da editora BABEL.







cid:77A62511-0793-4E27-89C2-38BFCA57959AMARIA DE LOURDES MODESTO é autora de obras conceituadas e de numerosos artigos para a imprensa, revisões e adaptações de obras estrangeiras, pesquisadora incansável dos usos e costumes da boa cozinha tradicional, calcorreou Portugal de lés a lés, ouvindo e fixando histórias, conhecendo gente, comendo bastante e bastante bem. Fez rádio, uma experiência que a fascinou, deu aulas, participou em eventos e feiras, honrou e foi honrada. Tornou-se sobretudo conhecida do público português por causa dos seus programas de culinária para a televisão. Foi, de resto, fruto do seu pedido direto de receitas tradicionais portuguesas às donas de casa que assistiam aos seus programas, por detrás dos montes longínquos e do meio das searas perdidas, que a sua obra central, a «Cozinha Tradicional Portuguesa», acabaria por nascer. 
«Receitas Escolhidas», «Cozinhar com Vegetais», «Queijos Portugueses», «Cogumelos – Do Campo até à Mesa», contam-se entre mais algumas das suas obras empenhadas, que espelham, também, a sua vertente de defensora de uma dieta equilibrada e salutar – que muito preza. Nessa qualidade, foi membro fundador e responsável do pelouro da alimentação da Fundação Portuguesa de Cardiologia e consultora do Instituto Nacional de Cardiologia Preventiva. Foi ainda professora da cadeira de Técnica Culinária na Escola de Dietistas da Universidade de Coimbra. A sua dedicação e obra foram reconhecidas pelo Estado Português, que lhe conferiu a comenda da Ordem de Mérito. Maria de Lourdes continua a trabalhar. Ultimamente vestiu a pele de uma avó fora do vulgar, que viaja pelo País para dar a conhecer aos mais novos a velhinha cozinha tradicional portuguesa. Deu por si outra vez envolvida e apaixonada pelas gentes e os seus costumes. 

Gisela Miravent nasceu em Luanda, em 1973. Formou-se em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa e tem trabalhado sempre nas áreas da edição, revisão literária e ilustração. Passou pelo comissariado do Pavilhão de Portugal durante a Expo’ 98, onde coordenou um programa de participação de escolas públicas. Foi coordenadora editorial da revista de bordo da Tap Portugal ao longo de oito anos, sendo também autora de numerosos artigos aí publicados. Trabalha atualmente na Assembleia Municipal de Lisboa, num projeto dirigido às escolas de 1.º ciclo da cidade. Realizou, durante alguns anos, trabalhos de ilustração para a Fundação AMI, a título voluntário, nomeadamente para as Agendas Escolares e o livro «Histórias para Não Adormecer, vol.II». Criou uma sólida e terna amizade com Maria de Lourdes Modesto, há já alguns anos. 


cid:DA963F8C-129B-40EA-9F02-A5BEF54C24BEBernardo Carvalho é ilustrador e designer gráfico. Nasceu em Lisboa em 1973. Frequentou a Faculdade de Belas Artes da mesma cidade. É um dos co-fundadores do Planeta Tangerina. Em 2008, com o livro «Pê de Pai», ganhou uma Menção Honrosa no Prémio Best Book Design from All Over the World promovido pela Book Art Foundation. Em 2009, foi um dos vencedores do 2nd CJ Picture Book Awards (Coreia), com o livro «As Duas Estradas». No mesmo ano ganhou o Prémio Nacional de Ilustração com o livro «Depressa, Devagar». Já em 2011, o álbum «O Mundo num Segundo» foi distinguido como um dos melhores do ano pelo Banco del Libro da Venezuela.



O lançamento do livro «A Minha Primeira Cozinha Tradicional Portuguesa» irá realizar-se no dia 7 de Dezembro, pelas 18h30, no Restaurante do El Corte Inglés (Lisboa).
A apresentação ficará a cargo de Simonetta Luz Afonso e de José Avillez.
Ficam desde já todos convidados :)

[O envio do prémio é efectuado apenas para Portugal]

Etiquetas: , ,