Filhós de Forma



Depois de uma tentativa frustada em anos anteriores, finalmente encontrei uma receita que resultou na perfeição!
As filhós de forma, típicas no Norte e no Interior do nosso País, são uns fritos típicos do Natal, bem saborosos apesar de um pouco trabalhosos e demorados, mas no final rende bastante.

Um dos segredos para se fazer as filhós de forma é aquecer bem a forma no óleo a ferver antes de se mergulhar no preparado.
A forma também não pode ser mergulhada totalmente na massa, apenas a parte inferior para segurar a massa.
Ao colocar a forma novamente no óleo quente a massa vai expandir-se e soltar-se naturalmente da forma.
Provavelmente as primeiras filhós serão mais difíceis de fazer, mas depois de se apanhar o jeito é sempre a andar!
Para facilitar e aligeirar a tarefa ficou a minha Madrinha encarregue de colocar a massa e a minha Mãe a virar e a retirar as filhós.
Como são pequenas fritam muito rapidamente e feitas por duas pessoas torna-se bem mais fácil.

A receita vem numa Teleculinária Especial de Natal, deixo o modo de preparação tradicional tal como vem na revista e a receita feita na Bimby, como eu a fiz.



Ingredientes:
| 260 gr. de Farinha sem Fermento
| Uma pitada de Sal
| Uma pitada de Canela
| 6 Ovos
| 2,5 dl. de Leite
| 4 colheres [de sopa] de Aguardente
| Limão [raspa]

| Açúcar e Canela para polvilhar

Preparação:
No copo da Bimby coloca-se a farinha, o sal e a canela e envolve-se durante 10 seg., vel. 5.
Retira-se e reserva-se.
No copo da Bimby coloca-se a casca de limão e tritura-se 15 seg., vel. 5-7-10.
Adiciona-se os ovos e o leite e mistura-se 15 seg., vel. 4.
Com a máquina a trabalhar na vel. 1, vai-se deitando pelo bucal a farinha misturada com o sal e a canela que se tinha reservado anteriormente.
Por fim junta-se a aguardente, tapa-se com o copinho e aumenta-se para a vel. 4 durante 30 seg..
Programa-se mais 2 min., vel. espiga.
Transfere-se a massa para um recipiente, tapa-se com um pano e deixa-se repousar durante 1 hora.

Aquece-se o óleo até levantar fervura e coloca-se dentro da frigideira as formas para aquecerem bem.
Escorre-se e mergulha-se então a forma na massa, mas como mostra a foto, de modo a não a cobrir totalmente.





Leva-se novamente ao óleo a ferver até a massa se soltar da forma:





Enquanto a filhós frita mantém-se a forma [já sem massa] dentro do óleo quente de modo a depois agarrar bem a próxima massa. O mais fácil é utilizar duas formas em simultâneo.
As filhós fritam muito rapidamente, tem que se estar atento e ir virando de modo a fritarem uniformemente e dourarem a gosto.
Repete-se a operação até se esgotar a massa.
Conforme se vão retirando as filhós do óleo colocam-se sobre papel absorvente para retirar o excesso de óleo.
No final polvilham-se com açúcar e canela.

Etiquetas: