Animais abandonados...

Gatinho abandonado photo IMG_5907.jpg


[na foto os nossos gatinhos que andaram sempre de volta da caixa de transporte onde tivemos o gatinho abandonado até que o vieram buscar...]


Numa altura do ano em que tanto se fala da prevenção do abandono dos animais, é de lamentar que existam pessoas capaz de tal coisa...
No sábado os meus filhos alertaram-me para uns ruídos que vinham do terreno por trás de nossa casa. Os nossos gatos andavam agitados e realmente de vez em quando ouvia-se um miar vindo do terreno, que é cheio de árvores e arbustos.
De repente vislumbrou-se um gatinho pequeno escondido no meio do mato, muito assustado, muito magrinho, todo a tremer...
Eu e o meu filho tentámos apanhá-lo, mas ele esgueirava-se pelo mato no meio dos espinhos e das silvas e tornou-se impossível de o agarrar.
Então colocámos água e comida junto ao muro, na esperança de chamar a sua atenção e conseguir que ganhasse a nossa confiança.
Lá o conseguimos apanhar e hoje procurei aqui em Fátima quem acolhesse animais.
Nós já temos dois gatos e duas tartarugas, não posso estar a levar para casa todos os animais que me aparecem à porta, por isso contactei a GNR cá de Fátima, que muito rapidamente me "despachou" para o canil de Ourém.
Fiquei estupefacta quando, ao ligar para o canil, me disseram, exactamente por estas palavras:
"Ó menina, o rapaz que faz esse serviço de apanhar os gatos está de férias por isso não posso fazer nada..." - isto exactamente assim! Credo... tempo de férias é mesmo um tempo danado, hein!
Enfim...
Foi então que me lembrei que a Junta de Freguesia de Fátima tem uma quinta na Serra d'Aire com animais, ainda há bem pouco tempo a minha filha tinha lá ido fazer uma visita pedagógica com a escola.
Telefonei ao nosso Presidente da Junta de Freguesia, Humberto Silva, que rapidamente se prontificou a vir buscar o gatinho e a levá-lo para a quinta!
Ainda bem que todos somos diferentes, enquanto uns colocam entraves de todos os tipos, existem pessoas de bom coração que em cinco minutos resolvem logo um problema!
É de louvar!
Muito obrigada Humberto, e muito em breve iremos à quinta visitar o gatinho que certamente lá encontrará carinho e cuidado.

Se não querem os animais entreguem-os a quem trate deles, não os abandonem.
Ninguém pede para nascer, existem muitos métodos para controlar a reprodução dos animais, basta para isso um pouco de cuidado dos donos. 
Abandonar os animais é crime e se fosse punido exemplarmente certamente não aconteceriam tantos casos lamentáveis como este que, felizmente, teve um final feliz.
Mas nem sempre isso acontece...


 photo 46f41d0c-78b9-4c1f-bbe7-0a01e0ea59b0.png   photo 49fc60a5-db70-428b-92c8-b74259842dd7.png   photo dfa38055-a47c-428c-a0f4-1cbf1011ae31.png   photo def999ce-e7e0-4db6-90a4-456d99c27f4a.png   photo 8a6c7a64-d9eb-4054-8d39-d32edcd4e476.png   photo e50ae6e2-1dd0-4fdb-93a7-76f52c4c7cf2.png

Etiquetas: